‘Prints’ complicam a situação de Bryn Kenney, em caso de trapaça

‘Prints’ complicam a situação de Bryn Kenney, em caso de trapaça

A escândalo envolvendo o nome de Bryn Kenney ainda está longe de se esclarecido. Desde que Martin Zamani acusou o jogador de liderar um grupo de jogadores para trapacear no poker online, o maior vencedor da história em torneios está no olho do furacão.

Depois de Kenney negar todas as acusações, o acusador, Martin, usou as próprias palavras de Bryn para contra-atacar com um punhado de capturas de tela (os famosos prints) que colocam em cheque o renomado jogador.

Ghosting, collusion, uso indevido de programas de ajuda em tempo real e até ameaças são algumas das acusações que recaem sobre Kenney e semeiam mais dúvidas na comunidade.

Algumas horas atrás, Zamani compartilhou um arquivo visual mostrando supostamente conversas de Bryn e refutando tudo o que o acusado disse em sua defesa. Pelas imagens disponíveis no site, é possível ver que Bryn sabia dos casos de ghosting, multi-contas e outras falcatruas.

Este lote de evidências teriam sido enviados a Zamani por George Wolff , um dos supostos cúmplices de Kenney. Wolff, com mais de US$ 3 milhões em ganhos ao vivo, aparentemente estava no esquema de Kenney e enviou uma capturas de vídeo para a Pokernews com registro de três anos de conversas entre ele e Bryn.

Entre outras mensagens, pode-se ver também que ambos falaram sobre o uso do software TeamViewer, que permite ver a tela e controlá-la de outro computador, e também sobre o uso de VPN, que serve para mascarar a localização real do jogador.

Here are receipts disproving somethings @BrynKenney said on the @PokerNews interview with @AuntyChardonnay who was the only person he was willing to be interviewed by. BK saying to “help” Klout in 500 Bi on gg. BK knew CSM being ghosted. BK set up ghost stars under fish. pic.twitter.com/wacG0szOfw

— Martin Zamani (@martin_zamani) May 3, 2022

«Aqui está a evidência que refuta algo que @BrynKenney disse na entrevista do @PokerNews com @AuntyChardonnay, que era a única pessoa disposta a ser entrevistada. BK dizendo ‘ajudar’ Klout a $500 em GG. BK sabia que CSM estava agindo como um fantasma. BK fez fantasmas estrelas se passarem por fishes».

A extensa evidência deixa Kenney em maus lençóis, já que, caso seja comprovadas essa acusações, seria a prova de que ele não apenas sabia de tudo, mas também estava diretamente envolvido.

Foto de capa: PokerNews.

Author: Brandy Lawrence